Balzaquiando, Mudança de profissão

Mudança De Profissão Após Os 30

Aos 20 eu achava que aos 30 eu estaria muito bem estabilizada na carreira, satisfeita e velha demais para construir qualquer coisa nova. Hoje, descobri que sou é jovem demais para viver tantos anos ainda fazendo algo que não me completa.

Como tudo começou?
Apesar de ter um bom emprego e ser reconhecida pelo meu trabalho, faltava aquele “brilho nos olhos”, sabe? Essencial para produzir e inovar mais. Nenhum cargo acima do meu, ao qual eu poderia almejar, me encantava. Então, quando me dei conta de que teria, pelo menos, mais 30 anos de vida profissional (isso porque o golpista, digo, presidente Temer, nem tinha assumido ainda… Imagina hoje 😳) comecei a pensar que mais 6 anos de universidade seria um tempo de investimento bem aceitável.

Você já parou para fazer essa conta? 

O incentivo que eu precisava veio do meu marido, tão doido quanto eu. Ele, vendo o tanto que eu estava infeliz, me incentivou firmemente a largar tudo e voltar aos livros do cursinho e prestar vestibular. Sem acreditar muito, prestei e passei. Hoje, já estou na metade do segundo ano de medicina e não me arrependi em nenhum minuto pelo que fiz (mesmo nem tudo sendo flores).
Foi fácil tomar essa decisão? Não! Chorei por um dia inteiro depois que pedi demissão. O medo de falhar e não passar em um curso tão disputado, medo de não ter mais meu dinheiro e ser dependente financeiramente por pelo menos 7 anos… E os futuros/possíveis filhos? Como se encaixariam nessa história? Teria energia para passar tantas horas estudando?
Esses e muitos outros medos foram bem presentes por muitos meses. Porém, a certeza de que não queria voltar para a vida que saí e o apoio do meu marido, foram o impulso necessário para continuar.
Vi uma matéria dizendo que a faixa dos 30 anos é aquela na qual as pessoas mais mudam de vida porque não aceitam mais viver sem satisfação. Eu concordo com essa análise! Acredito também que o aumento da expectativa de vida e o da consciência sobre isso está afetando a forma como as pessoas estão lidando com o envelhecimento. Hoje, os 30 é realmente o início da vida adulta e não o fim dela.
Se você não está satisfeito e tem condições de procurar novos caminhos, vá! A vida é muito curta para sermos felizes só nas férias e finais de semana.

Como fazer essa escolha?



Infelizmente não há uma fórmula mágica e vai depender das condições de vida de cada um. Porém, algo que me ajuda muito a tomar decisões é fazer uma lista. Como?
Em uma coluna coloco todos os prós e em outra, os contras dessa decisão. Parece que dessa forma as possibilidades ficam mais “palpáveis”. Com isso, procuro analisar as minhas prioridades e se a lista de “prós” ganha da lista de “contras”.
Vendo que é isso que realmente quer, chega o momento de planejar o processo. Para muitos, não é necessário fazer mudanças drásticas como eu fiz. Muitas vezes a procura pode ocorrer concomitantemente à sua vida profissional atual com um curso noturno, pós-graduação aos sábados… E com o conhecimento necessário em mãos, é hora de distribuir o seu currículo para todos os lugares que desejaria trabalhar!
Pode demorar um pouco para tudo acontecer, mas não tenha medo de lutar por aquilo que o faz feliz. Tenha medo é de passar a vida inteira trabalhando em algo que não o complete!
————————————————————————————-
Não está convencido de que ainda pode realizar muitas coisas em uma nova carreira e nessa idade?

Então dá uma olhada nessa galerinha aqui:

Harrison Ford: foi carpinteiro até os 30 anos! Apenas depois que se tornou O ator.

John Pemberton: aos 55 anos inventou a coca-cola.

Ray Kroc: criou o Mc Donalds aos 52 anos.

Tomie Ohtake: Começou a pintar apenas aos 40 anos.

Já ouviu falar de Walt Disney? Então…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s