Casos clínicos, Histórias cotidianas

Dor nas pernas

Domingo à noite. Eu cansada por ter tido um final de semana intenso de atividades com a ONG que participo. Só queria colocar minhas pernas pra cima (que estavam inchadas) e não fazer nada.

Então, meu marido chega do plantão e, como de costume, começa a me contar alguns casos interessantes do dia.

Um senhor também chegou ao consultório com dor nas pernas, há 3 dias. Na anamnese, nenhum problema de saúde prévio.

– Vamos ter que investigar melhor, porque aparentemente não consigo encontrar nenhum fator que faça o senhor estar com essa dor. O senhor prática exercícios físicos?

– Não pratico não, doutor.

– O senhor fez algum movimento brusco antes dessa dor começar?

– Acho que não.

– De onde o senhor é mesmo?

– Eu sou da Bahia.

– Está em São Paulo há quanto tempo?

– Cheguei há 4 dias.

– Ah! E logo depois começou a dor nas pernas?

– Foi sim, logo depois.

– Então pode ser esse problema! Pode ter ficado muito tempo com a perna na mesma posição.

– Não fiquei, doutor.

– Não? O senhor veio de avião?

– Não! Eu vim a pé mesmo.

– Quanto tempo o senhor demorou pra chegar?

– Estive andando por 65 dias.

Silêncio.

E eu reclamando por causa de umas poucas horas em pé nesses dois dias…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s